terça-feira, 23 de novembro de 2010

vida sem paixão

O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia.

Um comentário:

Felipe disse...

Portanto... vivamos da intensidade!

Só cuidado para não gastar (muito).